Header Ads

ad728
  • Recent

    Dia 05 Primícias 2020 - você é aceito pela justiça de Cristo e não pela sua.

    Se você for obediente por mil anos, não será mais aceito do que quando começou a crer; sua aceitação é baseada na justiça de Cristo e não na sua.
      Leitura bíblica:
    Galatas  3. 1-14

    O fato é que o pecado é um desastre maior do que pensamos, e a graça é maravilhosa além da compreensão humana.

     Alguém que realmente entende o que as Escrituras têm a dizer sobre a natureza abrangente do pecado, que altera todos os aspectos de sua personalidade, jamais pensaria que exista motivação e força suficientes para alcançar o padrão de perfeição de Deus.

     Pensar que qualquer ser humano caído seria capaz de trilhar seu caminho para receber aceitação de Deus deve ser a mais insana de todas as ilusões. Entretanto, tendemos a pensar que somos mais justos do que realmente somos, e quando pensamos assim, damos o primeiro passo em direção à ilusão de que talvez não sejamos tão maus aos olhos de Deus, no final das contas. 

    É por isso que o choque de realidade de Romanos 3:20 é tão importante. Paulo escreve: “Pois ninguém é aceito por Deus por fazer o que a lei manda”. Se você ora em todos os momentos de sua vida, não há oração suficiente que o faça merecer a aceitação de Deus.

     Se você doou cada centavo de cada real que você recebeu em cada emprego que você já teve, não poderia ter doado o suficiente para merecer a aceitação de Deus.

     Se cada palavra que você falou foi dita com a mais pura das motivações, ainda assim jamais será capaz de usá-las para alcançar reconciliação com Deus. Mesmo que você entregasse sua vida integralmente ao ministério, nunca poderia ministrar o suficiente para alcançar o favor de Deus.

     O pecado é muito grande.

     O padrão de Deus é muito alto.

     Está além do alcance de todo ser humano que já respirou pela primeira vez. 

    É por isso que Deus, em amor, enviou o seu Filho: “Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado” (Romanos 5:8).

     Veja bem, não houve e não há outro caminho. Existe apenas um meio para a aceitação de Deus – a justiça de Cristo.

     Sua retidão foi entregue por nós; os pecadores são acolhidos na presença do Deus Santo devido à perfeita obediência de uma outra pessoa. Cristo é nossa esperança, Cristo é nosso descanso, Cristo é nossa paz.

     Ele cumpriu perfeitamente a exigência de Deus para que em nosso pecado, fraqueza e fracasso nunca mais tivéssemos que temer a ira de Deus.

     Isso é o que a graça faz! Assim, como filhos da graça, obedecer é uma forma de adoração, não uma tentativa desesperada de fazer o impossível – alcançar o favor de Deus por nós mesmos. 

    Nenhum comentário

    Deixe seu comentário.

    Post Top Ad

    Garanta Sua Vaga Gratuitamente

    Post Bottom Ad

    ad728