Header Ads

ad728
  • Recent

    Dia 03 Primícias 2020 - O Plano de Deus é a Eternidade

    Leitura Bíblica:
    'Então alguém gritou no meio da multidão: “Mestre, por favor, diga ao meu irmão que divida
    comigo a herança do meu pai”.
    Mas Jesus respondeu: “Homem, quem me pôs como juiz sobre vocês para decidir coisas
    assim? Cuidado! Não andem sempre querendo o que vocês não têm.
    Porque o valor da vida que alguém tem não depende da quantidade de bens que possui”.
    Então contou a seguinte parábola: “Um homem rico tinha uma fazenda que deu boas colheitas.
    Com isso seus depósitos ficaram cheios, e ele não tinha mais onde colocar a sua colheita.
    O homem pensou no seu problema.
    ‘Que devo fazer?’ “Finalmente exclamou: ‘Já sei o que vou fazer. Derrubarei os meus celeiros
    e construirei outros maiores! Assim terei espaço suficiente para guardar tudo.
    Depois eu vou descansar e dizer para mim mesmo: Amigo, você guardou o suficiente para
    os anos futuros.
    Agora, sim! Descanse, coma, beba e alegre-se’.
    “Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Você morrerá esta noite.
    E então, quem ficará com tudo que você preparou?’ “Sim, assim acontece com todo aquele
    que junta riquezas para si mesmo, mas não é rico para com Deus”. '
    Lucas 12:13-21
    Palavra Para sua Meditação.

    Se a eternidade é o plano, então não faz sentido reduzir a sua vida às necessidades e desejos deste breve momento.

    Não há dúvida – a Bíblia é um livro que nos chama para uma vida de panorama geral.
     Ela amplia a elasticidade de sua mente ao lhe convidar a pensar sobre as coisas antes do início do mundo e milhares de anos na eternidade.
     A Bíblia não permite que você viva apenas para o momento.
     Ela não lhe dá espaço para limitar seus pensamentos, desejos, palavras e ações a meras emoções, necessidades ou pensamentos que o envolvam momentaneamente.
     Em um momento, seus pensamentos podem parecer mais importantes do que realmente são.
     Em outro, suas emoções podem parecer mais confiáveis do que realmente são.
     Em um momento, suas necessidades podem parecer mais essenciais do que realmente são.
     Estamos destinados a viver vidas que estão ligadas a começos e finais.
     E somos destinados a viver desta maneira porque tudo o que fazemos tem a ver com o Deus dos princípios e fins, por quem e para quem fomos criados. 

    É difícil viver com os olhos na eternidade.
     A vida nos limita ao momento continuamente.
     Há momentos em que parece que a coisa mais importante da vida é atravessar aquele tráfego, vencer um argumento ou satisfazer um desejo sexual.
     Há momentos em que nossa felicidade e contentamento se resumem a conseguir aqueles sapatos novos ou comer logo aquele bife que só ficará pronto daqui dez minutos.
     Há momentos em que nossa identidade, a identidade de Deus e para onde estamos indo reduz-se ao pano de fundo dos pensamentos, emoções e necessidades do momento.
     Há momentos em que nos perdemos no meio da história de Deus.
     Perdemos a cabeça, perdemos nosso senso de direção e perdemos nossa lembrança Dele. 
    Deus nos lembra que isso não é tudo o que existe, que fomos criados e recriados em Cristo Jesus para a eternidade.
     Ele nos lembra de não vivermos para os tesouros do momento: “Não ajuntem riquezas aqui na terra, onde as traças e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e roubam.
     Pelo contrário, ajuntem riquezas no céu” (Mateus 6:19-20). 

    Pense sobre isso: se Deus já lhe concedeu um lugar na eternidade, então Ele também concedeu a você toda a graça que você precisa ao longo do caminho, ou você nunca chegaria lá.
     Há graça para nossos corações inconstantes e facilmente distraídos.
     Há resgate para nosso egocentrismo e falta de foco.
     O Deus da eternidade concede Sua graça eterna para que você possa viver com os olhos na eternidade. 

    Nenhum comentário

    Deixe seu comentário.

    Post Top Ad

    Garanta Sua Vaga Gratuitamente

    Post Bottom Ad

    ad728