Header Ads

ad728
  • Recent

    12 Dias De Jejum, Primícias de 2020

    'Glorifique o seu nome, Senhor ; não o nosso nome. Torne o seu nome amado e respeitado
    e mostre ao mundo o seu amor e a sua fidelidade. ' Citei o Verso 1 mas leia o Salmos 115:1 ao 18.

    Aqui está a essência.
     A vida cristã, a igreja, nossa fé não são sobre nós, são sobre Ele – Seu plano, Seu reino, Sua glória.


    Este é de fato o combate dos combates.
     É contra-intuitivo para todos nós.
     É o que bagunça nossas vidas e faz os nossos relacionamentos conflituosos.
     É o que desvia nossos pensamentos e sequestra nossos desejos.
     É a raiz de todas as coisas que demonstram que necessitamos da graça.
     É a única batalha da qual ninguém consegue escapar.
     É o único lugar onde todos precisam de resgate.
     É a batalha que Deus trava em nosso favor para nos ajudar a lembrar que a vida simplesmente não é sobre nós.
     É sobre Deus – Seu plano, Seu reino, e Sua glória. 

    É exatamente por isto que as três primeiras palavras da Bíblia talvez sejam as mais importantes: "No começo Deus...". Estas são as três palavras mais estrondosamente importantes.
     Elas de fato mudam tudo, desde a forma que você pensa sobre sua identidade, significado e propósito até a forma que reage aos mais casuais deveres humanos.
     Tudo o que foi criado foi feito por Deus e para Deus.
     Todas as glórias do mundo criado foram projetadas para apontar à Sua glória.
     O universo é Dele, projetado para funcionar de acordo com o Seu propósito e plano. Isso inclui você e eu.
     Não fomos feitos para viver de forma independente, guiando nossas próprias vidas.
     Não fomos destinados a existir segundo nossos próprios planos, vivendo nossos momentos de glória. Fomos criados para viver para Ele. 


    Esta vida direcionada a Deus deve se expressar aonde? Ela deve ser expressa não apenas na dimensão religiosa de nossas vidas, mas em cada aspecto de nossa existência.
     Amo a forma que Paulo captura isso em 1 Coríntios 10.31: "Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." Quando Paulo pensa no chamado de viver para a glória de Deus, ele não pensa primeiro nos grandes, decisivos, e conscientemente espirituais momentos da vida.
     Não, ele pensa em algo tão mundano e repetitivo como comer e beber.
     Mesmo as tarefas mais comuns, e aparentemente insignificantes da vida devem ser moldadas e direcionadas para a glória de Deus.
     Agora, não sei você, mas na correria da vida eu perco o foco da existência e da glória de Deus! 

    Vamos começar o novo ano admitindo que para nós não é nada natural viver para a glória do outro. Essa declaração não nos leva ao desespero, mas sim à esperança.
     Deus sabia que, em seu pecado, você nunca viveria dessa forma, então Ele enviou Seu filho para viver a vida que você não conseguiria, morrer no seu lugar, e ressuscitar, derrotando o pecado e a morte.
     Ele fez isso para que você pudesse não apenas receber perdão por ser tão dedicado a glorificar a si mesmo, mas também para que você pudesse ter a graça necessária para viver para a glória Dele.
     Quando você admite que precisa de ajuda, você se conecta ao resgate que Ele já providenciou por Seu Filho, Jesus. Alcance a esperança ao alcançar o resgate hoje novamente.

    Nenhum comentário

    Deixe seu comentário.

    Post Top Ad

    Garanta Sua Vaga Gratuitamente

    Post Bottom Ad

    ad728