Header Ads

ad728
  • Recentes

    Aprendendo ser Águia (1ª parte - serie águias)



     Uma nova serie de publicações que vão grandemente abençoar sua vida.
     Em 5 partes veremos: Voar Como Águias.

    autora: Kenneth Hagin Jr.

    Título original: Soaring with the eagles
    Traduzido por Dra. Maria Eugênia da S. Fernandes
    Graça Editorial


      A águia é realmente uma criatura incrível no vôo! Sem esforço, ela plana pelo céu, conquistando o respeito de todos que a vêem. Então, com um movimento de suas grandes asas, ela deixa o mundo para trás, enquanto voa para alturas emocionantes.
    O que torna este pássaro tão régio e majestoso? O que existe nele que nos impressiona tanto? E porque, nas Escrituras, Deus comparou a Si mesmo e a nós com a águia?
    Existe, obviamente, algo significativo sobre esse animal. E creio que podemos tirar algum ensinamento a respeito de Deus e de nós mesmos, ao observarmos, mais atencio­samente, esse pássaro notável que o Pai criou!

    Deus Se manifestou por meio da criação

    Podemos aprender lições não apenas com a águia, mas com toda a criação de Deus. No Livro de Romanos, Paulo declara que a própria natureza nos revela a existência de Deus. Muito do que sabemos sobre o Senhor nos é mostrado ou manifestado por meio da Sua pró­pria criação.
    ROMANOS 1.19,20
    19 Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se mani­festa, porque Deus lho manifestou.
    20 Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder como a sua divindade, se entendem e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis.
    Observe que o homem não tem razões para não crer no Senhor. Por quê? Porque, de acordo com estes versículos acima, a natureza mostra, claramente, que existe um Poder mais alto, o qual sabemos ser Deus.

    O homem tem uma posição única na criação

    A Bíblia declara que Deus é o Criador e que os céus, a terra e todas as coisas que neles vivem, foram feitas por Ele (Is 40.28; Gn 1.1-31).
    É difícil imaginar como alguém vê a magnificência do Universo e, ainda assim, acredita na teoria de que o mundo começou a partir de uma partícula que se desenvolveu enquanto flutuava no tempo.
    Entretanto, muitas pessoas acreditam que o Universo veio à existência por meio de uma explosão catastrófica no espaço! Os adeptos dessa teoria afirmam que, depois de uma grande explosão, as estrelas, galáxias e corpos celestiais caíram perfeitamente no lugar e, simplesmente, ficaram separados pelo número exato de quilômetros que precisavam ter! E então, "por acaso", a rotação desses corpos celestiais gerou a quantidade certa de atração gravitacional necessária para cada planeta manter sua posição na galáxia, e não flutuar em algum lugar no espaço! Isso não é fantástico?
    Há também algumas teorias bastante surpreendentes sobre o surgimento do homem. Por exemplo, alguns asseveram que todos os animais (o homem, inclusive) evoluíram de uma ameba unicelular. Portanto, todas as vezes que analisamos o homem e percebemos quão divina e ajustadamente foi criado, é surpreendente que sequer imaginamos que o ser humano evoluiu a partir de um organismo microscópico.
    Reflita sobre isso. Se o homem realmente evoluiu, durante milhões de anos, a partir de uma ameba ou de outras espécies de animais, então com todo esse tempo que passou, pelo menos algum tipo de evidência da evo­lução dentre as espécies teria sido descoberta até agora - mas isso não aconteceu!
    O homem tem uma posição única. A Bíblia garante que ele foi criado por Deus, à imagem dEle e à Sua semelhança (Gn 1.26). E o Pai Se revela ao homem por meio das maravilhas da Sua criação.

    As lições do propósito da natureza

    A Bíblia freqüentemente usa a natureza a fim de ensinar lições práticas e ilustrar certas verdades. Por exemplo, em Provérbios 6.6-8, temos o exemplo da formiga e, com este pequeno animal, aprendemos um pouco a respeito de automotivação, trabalho árduo e planeja­mento.
     No Livro de Mateus, Jesus fala sobre os lírios do campo e os pássaros do ar, para descrever como Deus toma conta e provê sustento para os Seus filhos (Mt 6.25-30; 10.29-31).
       Há ainda outras passagens bíblicas, como estas que nos concentraremos, as quais utilizam a figura da águia para alguma ilustração.
     Observe, particularmente, estes versículos de Deuteronômio.
    DEUTERONÔMIO 32.11,12
    11  Como a águia desperta o seu ninho, se move sobre os seus filhos, estende as suas asas, toma-os e os leva sobre as suas asas,
    12  assim, só o SENHOR o guiou; e não havia com ele deus estranho.
    É interessante notar que, dentre todos os pássaros que podiam ser mencionados, esta passagem declarou: Como a águia [...]

    Perceba que a águia tem certas características que a destacam de todos os outros pássaros. Podemos aprender algumas lições importantes ao analisá-la. Então, está pre­parado para aprender com a águia?

     acompanhe as próximas 4 partes desta serie e torne-se como águia.

    Nenhum comentário

    Deixe seu comentário.

    Post Top Ad

    ad728

    Post Bottom Ad

    ad728