» » » 13/10 a 02/11-15 Jejum da Unidade / Mutualidade

   A comunhão e a unidade se expressam através da mutualidade.
A mutualidade é o mesmo que reciprocidade e se refere àqueles textos do Novo Testamento onde aparecem as palavras "uns aos outros".
   No Novo Testamento, há 43 mandamentos sobre a mutualidade, sendo que pelo menos 30 são distintos um do outro.
 Esses mandamentos recíprocos indicam as nossas obrigações e as nossas oportunidades de expressar a nossa vida em comum.


1. SEDE MEMBROS UNS DOS OUTROS
Devemos interagir com Corpo de Cristo, sabendo que sozinho quase nada pode ser feito.

Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram. (Rm 12.5)


2. AMAI-vos UNS AOS OUTROS
   O amor deve ser o princípio básico da vida do cristão.

O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. (Jo 15.12)

E o Senhor vos faça crescer e aumentar no amor uns para com os outros e para com todos, como também
nós para convosco. (iTs 3.12)

Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade, tendo em vista o amor fraternal não fingido, amai-vos, de coração, uns aos outros ardentemente, (l Pedro 1.22)


3. DAI HONRA UNS AOS OUTROS
Devemos valorizar nosso irmão, elogiando-o e incentivando-o.

Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. (Rm 12.10)


4. TENDE SENTIMENTOS UNS PARA COM os OUTROS
Não devemos ser indiferentes.

Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o
que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos. (Rm 12.16)


5. NÃO JULGUEIS UNS AOS OUTROS
Não devemos ser precipitados em fazer julgamentos, colocando-nos no lugar de Deus, pois todos somos pecadores.

Não nos julguemos mais uns aos outros; pelo contrário, tomai o propósito de não pordes tropeço ou escândalo ao vosso irmão. (Rm 14.13)


6. EDIFICANDO UNS AOS OUTROS
Entre outras coisas, podemos fazer isso animando quem está desanimado.

Assim, pois, seguimos as coisas da paz e também as da edificação de uns para com os outros. (Rm 14.19)

Consolai-vos, pois, uns aos outros e edificai-vos reciprocamente, como também estais fazendo, (lis 5.11)


7. SAUDAI-VOS COM ÓSCULO SANTO
Devemos nos beijar, abraçar, demonstrar carinho.

Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo. Todas as igrejas de Cristo vos saúdam. (Rm 16.16)

Saudai-vos uns aos outros com ósculo de amor. Paz a todos vós que vos achais em Cristo, (lPé 5.14)


8. SEDE SERVOS UNS DOS OUTROS
Devemos nos colocar à disposição de nossos irmãos.

Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade; porém não useis da liberdade para dar ocasião à
carne; sede, antes, servos uns dos outros, pelo amor. (G15.13)

Servi uns aos outros, cada uni conforme o dom que recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. (lPé 4.10)

9. CONSOLAI-vos UNS AOS OUTROS
Devemos ser solidários.

Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras.
(!Ts4.18)


10. VlVEI EM PAZ UNS COM OS OUTROS
Devemos evitar discussões que não levam a nada.

E que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros. (ITs 5.13)


11. SEDE HUMILDES NO TRATO UNS COM os OUTROS
Auto-imagem positiva e equilibrada não significa arrogância, contudo, devemos ter cuidado com a soberba.

Rogo igualmente aos jovens: sede submissos aos que são mais velhos; outrossim, no trato de uns com os
outros, cingi-vos todos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça, (l Pé 5.5)


12.. TENDE COMUNHÃO UNS COM os OUTROS
Não devemos ficar isolados.

Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. (IJo 1.7)


13. PERDOAI-VOS MUTUAMENTE
Devemos exercitar o perdão diariamente.

Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou. (Ef 4.32)


14. ACONSELHAI-VOS MUTUAMENTE
Ninguém é dono da verdade. Devemos aprender a ouvir, para sermos ouvidos.

Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruívos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. (Cl 3.16)


15. EXORTAI-VOS MUTUAMENTE
Não devemos fazer fofoca. O que tivermos para falar, falemos com temor e sabedoria, visando construir.

Pelo contrário, exortai-vos mutuamente a cada dia, durante o tempo que se chama Hoje, a fim de que nenhum de vós seja endurecido pelo engano do pecado. (Hb 3.13)


16. SEDE MUTUAMENTE HOSPITALEIROS
Devemos abrir nossa casa.

Sede, mutuamente, hospitaleiros, sem murmuração. (lPé 4.9)


17. SUPORTAI-VOS UNS AOS OUTROS Procuremos
exercitar a nossa paciência.

Com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor. (Ef 4.2)


18. CONFESSAI os PECADOS UNS DOS OUTROS
Se cairmos, procuremos ajuda espiritual.

Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pêlos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo. (Tg 5.16)


19. ORAI UNS PÊLOS OUTROS
Devemos praticar constantemente a oração, individual e em grupo.

Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pêlos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo. (Tg 5.16)


20. ADMOESTAI-VOS UNS AOS OUTROS
A admoestação deve ser feita em amor e bondade.

E certo estou, meus irmãos, sim, eu mesmo, a vosso respeito, de que estais possuídos de bondade, cheios de todo o conhecimento, aptos para vos admoestardes uns aos outros. (Rm 15.14)


21. SUJEITAI-vos UNS AOS OUTROS
Não devemos estar por cima das outras pessoas.

Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo. (EF5.21)


22. CONSIDERAI-VOS UNS AOS OUTROS
Não devemos desprezar ninguém.

Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo. (Fp 2.3)


23. ACOLHEI-VOS UNS AOS OUTROS
 Não devemos excluir nossos irmãos.

Portanto, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo nos acolheu para a glória de Deus. (Rm 15.7)


24. NÃO FALEIS MAL UNS DOS OUTROS
Cuidado com os boatos que viram calúnias.

Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz. (Tg4.11)


25. APERFEIÇOAI-VOS MUTUAMENTE
Há sempre o que aprender.

Aperfeiçoai-vos, consolai-vos, sede do mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz estará convosco. (2Co 13.11a)


26. COOPERAI UNS COM os OUTROS
Devemos ter espírito de equipe, de Corpo.

Não negligendeis, igualmente, a prática do bem e a mútua cooperação; pois, com tais sacrifícios, Deus se compraz. (Hb 13.16)


27. TENDES MÚTUO CONSENTIMENTO
Não devemos pressionar ou manipular nosso irmão, ou seja, não devemos usar pretextos espirituais para forçá-lo a fazer o que ele não quer fazer.

Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e, novamente, vos ajuntardes, para que Satanás não vos tente por causa da incontinência, (lCo 7.5)


28. CONFORTAI-VOS UNS AOS OUTROS PELA FÉ
Devemos consolar nossos irmãos, tendo uma atitude de otimismo solidário.

Isto é, para que, em vossa companhia, reciprocamente nos confortemos por intermédio da fé mútua, vossa e minha. (Rm 1.12)


29. LEVAI AS CARGAS UNS DOS OUTROS
Devemos nos solidarizar e nos envolver com as dificuldades e lutas pelas quais nossos irmãos estejam passando.

Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo. (Gl 6.2)


30. NÃO VOS QUEIXEIS UNS DOS OUTROS
Não devemos considerar o nosso irmão um fardo.


Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas. (Tg 5.9)

Redação Catedral Da Paz

Rede Paz Brasil, Igreja Catedral Da Paz, Rio Verde-GO; Nas publicações podem conter Imagens e Textos das igrejas e seus oficiais e da Internet.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Deixe Seu Comentário

Leave a Reply

Deixe seu comentário.