» » AS MANIFESTAÇÕES DA GRAÇA DE DEUS

TEMA: AS MANIFESTAÇÕES DA GRAÇA DE DEUS – TITO 2.11/ ROMANOS 3.24


EDIFICAÇÃO Durante uma conferência britânica a respeito de religiões comparadas, técnicos de todo o mundo debatiam qual a crença única da fé cristã, se é que existia essa crença. Eles começaram eliminando as possibilidades. Encarnação? Outras religiões tinham diferentes versões de deuses aparecendo em forma humana. Ressurreição? Novamente, outras religiões tinham histórias de retorno dos mortos. O debate prosseguiu durante algum tempo até que C. S. Lewis entrou no recinto. "A respeito do que é a confusão?", ele perguntou, e ouviu a resposta dos seus colegas de que estavam discutindo sobre a contribuição única do cristianismo entre as religiões do mundo. Lewis respondeu: "Oh, isso é fácil. É a graça".
            Depois de alguma discussão, os conferencistas tiveram de concordar. A noção do amor de Deus vindo a nós livre de retribuição, sem cordas amarradas, parece ir contra cada instinto da humanidade. O caminho de oito passos do budismo, a doutrina hindu do karma, a aliança judaica, o código da lei muçulmana — cada um deles oferece um caminho para alcançar a aprovação. Apenas o cristianismo se atreve a dizer que o amor de Deus é incondicional.
            Há vários aspectos da graça de Deus que podemos estudar. Mas hoje, eu quero falar sobre Três manifestações da Graça de Deus. Existem muitas. Mas essas três afetam de maneira muito prática a nossa vida. Vejamos pois cada uma delas em particular:

.: A primeira manifestação da graça de Deus...
I – É A SALVAÇÃO – Efésios 2.1-9  
1.1.              Muitos ficam intrigados, como pode uma pessoa má receber a salvação. Pecado está ligado a punição. Mas a Bíblia diz que onde abundou o pecado superabundou a graça de Deus. Romanos 5.20 A mente humana não pode entender isso. Onde houve mais pecado mais graça da parte de Deus foi dispensada.
1.2.              Uma pessoa deve R$100.000,00 e outra deve R$10,00. Você perdoa as duas. Qual delas será mais agradecida? Essa é a matemática divina. Lucas 18.9-14. O Fariseu e o Publicano: “Se fosse você o líder, e tivesse que aceitar um dos dois na sua equipe. Um não ora, hora nenhuma, não dá o dízimo, não faz os jejuns que a igreja orienta, moralmente uma vida questionável, cheio de cheque sem fundo, nome sujo na praça, adúltero. O outro todo correto, dizimista, fiel a esposa, homem de jejum, assíduo nas reuniões da templo e da célula.” Qual dos dois você escolheria?
·        Não são as nossas obras que nos recomendam a Deus. É a sua graça! Você não está aqui pelo que você é. Mas pelo que Deus é na sua vida! Isso é Graça! Você precisa entender isso. Não há nada que você possa fazer para que Deus lhe ama mais e nada que você possa deixar de fazer para que Deus lhe ame menos.
·       Que graça maravilhosa de Deus! Onde nós pecamos, mas o castigo foi colocado sobre Jesus. E ele como bode expiatório levou toda a nossa culpa, para que nós não precisássemos mais ser castigado. E ainda fomos considerados justos diante de Deus.

.: A segunda manifestação da graça de Deus...
II – É O SERVIÇO Atos 17.24,25
            2.1. Que coisa maravilhosa! Um Deus que é tão sublime e tão auto-suficiente abriu uma concessão no universo para permitir que você e eu pudéssemos servi-lo. O que de fato nós precisamos fazer para Deus?  Deus poderia dispensar cada um de nós hoje mesmo e dizer: - Eu não preciso de você para dirigir minha igreja; - Eu não preciso de você para discipular meus líderes; - Eu não preciso de você para liderar minhas células; - Eu não preciso de você para cantar pra mim; - Eu não preciso de você para tocar pra mim...
            2.2. A partir do próximo domingo, meu espírito se manifestará na reunião sem a participação de ninguém. Eu vou curar sem usar suas mãos. Eu vou falar ao coração das pessoas sem usar a sua voz. Eu vou tocar uma melodia sem usar instrumentos. A partir de hoje usarei somente os anjos que são puros. Não usarei homens como você.
            2.3. Deus poderia falar para todos que trabalham hoje na sua obra: Estão todos demitidos! Eu não preciso de nenhum de vocês. Você não são dignos. Além do mais vocês não fazem nada perfeito. Tudo tem ainda algo da carne, do homem. Eu não aguento mais isso.
            2.4. Deus é como aquele pai que pede ao filho. “Filho vem me ajudar”. Na verdade tudo é um pretexto para ter você mais perto dele. Se tocar, liderar, trabalhar com as crianças, ajudar a servir a ceia, faz com que você se comprometa mais e se consagre mais e se sinta amado por ele, ele permite para ter você perto dele. Portanto, servir a Deus é uma manifestação da graça de Deus. Ele poderia fazer tudo sozinho, mas ele na sua infinita sabedoria, escolher fazer através de nós.

.: A terceira manifestação da graça de Deus...
III – É A CONTRIBUIÇÃO – II Co. 9.1-14
            3.1. Essa é outra coisa que todos nós precisamos ter revelação de Deus. Paulo diz, que o ato de contribuir é uma graça que Deus concede aos seus. E ele diz que nessa graça devemos superabundar cada vez mais. Ou seja, à medida que o tempo for passando você precisa se tornar um contribuinte mais generoso. Muitos à medida que o tempo passa vão se tornando mais infiéis. Mas a Bíblia diz que a nossa generosidade deve aumentar a cada dia.
            3.3. Porque a contribuição é uma graça que Deus nos concede? Porque Deus poderia dispensar nossas contribuições e sustentar a sua igreja de modo sobrenatural. Porque, se há algo que Deus não poderia aceitar por causa da contaminação que existe nele é o dinheiro:  Quando uma nota circula, a ela se apegam tantos espíritos malignos que estão associados a todo tipo de pecado. Imagine, por onde pode ter passado uma nota antes de ter chegado no seu bolso.
            3.5. E quando ele chega na sua mão, ele chega todo contaminado. Deus poderia aceitar o seu louvor, Deus poderia aceitar a sua oração. Mas pelo espírito que move-se nesse mundo, Deus jamais poderia ter aceitado o seu dinheiro.
            3.8. O que ele fez? Estabeleceu o dízimo e as ofertas como uma maneira de santificar o dinheiro que há em suas mãos. Deus estabeleceu que a sua obra seria mantida por dízimos e ofertas. Você pode ler o Antigo Testamento, e verificará que antes mesmo da lei, já existia a prática das ofertas e dos dízimos: DÍZIMO: Gênesis 14.18-20OFERTA: Gênesis 4.1-4 - Foi uma maneira que Deus encontrou de atrair o seu coração para perto dele. Por que? Lucas 12:34 
·                    Pessoas que não contribuem não amam de fato a obra de Deus. Elas se tornam apáticas, indiferentes, críticas.
·                    Por isso, toda reunião nós damos a oportunidade de você ofertar. Para que você sinta-se parte dessa obra.
·                    Isso é tão forte que alguns quando entregam os dízimos eles sentem-se assim: “Eu estou sustentando a obra de Deus!” ISSO É GRAÇA! Nunca perca a oportunidade de ofertar! Talvez você já seja até um dizimista, mas suas ofertas são inexpressivas.

COMPARTILHAMENTO.
1) Qual das três manifestações da graça de Deus mais tem afetado sua vida?

2) Deus poderia ter escolhido anjos pra fazer Sua obra, mas escolheu você! Como se sente mediante isso? Compartilhe!

Redação Catedral Da Paz

Rede Paz Brasil, Igreja Catedral Da Paz, Rio Verde-GO; Nas publicações podem conter Imagens e Textos das igrejas e seus oficiais e da Internet.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Deixe Seu Comentário

Leave a Reply

Deixe seu comentário.