» » » » Dicas especiais para ministério de louvor

Introdução:
    Todos sabemos que não existe uma maneira secreta para se conduzir um Louvor. Cada dia é diferente, um dia a igreja está alegre, em outro não, um dia a igreja precisa de músicas de libertação outro dia de celebração. Como saber que estilo/tipo de música a igreja precisa em determinado dia? Primeiramente é essencial que a equipe de louvor seja unida estando todos em um só espirito, é fundamental o Ministrante perguntar a Deus antecipadamente o que a igreja está precisando, para repassar aos demais integrantes. Vamos agora dar algumas dicas para cada função no louvor.
Instrumentistas:

   Nós instrumentistas, devemos estar sempre atento ao ministrante, aos gestos feitos durante a ministração, lembrando que nós o acompanhamos, se pedir para crescer a música devemos estar preparados e atentos, se pedir para suavizar para um momento de adoração devemos sentir a música para saber o que aquele momento exige de nossos instrumentos. É sempre bom lembrar que o nosso dedilhar de notas, toques na bateria e etc, curam, libertam, trazem vida onde não há. Temos o exemplo de Davi que apenas com dedilhar de sua harpa expulsou os espiritos maus de Saul.
  Instrumentos básicos e suas funções:
Teclado- Classificado como a alma da música, dependo do timbre utilizado traz sentimentos e lembranças; se temos uma banda completa, lembramos que o teclado deve apenas dedilhar, sem toques mais fortes para o som não ficar poluido.
Violão- Violão é um instrumento base,  serve como um auxilio para solos de guitarra, teclado e etc. Bom lembrar que o violão desafina facilmente, então nunca é demais nós confirirmos a afinação antes e durante um Louvor. Na hora da compra é importante visualizar se o violão já possui um afinador acoplado.
Baixo- Coração da Música. Responsável pela marcação do tempo juntamente com o bumbo da bateria, essencial em uma banda.
Bateria- Responsável pelo tempo, andamento da música. Lembrando que é importantissimo o baterista tocar suavemente para o volume não ultrapassar os demais instrumentos. O baterista deve sempre estar ligado em o que a música pede em cada momento.
Guitarra- Guitarra é um instrumento solo/base, traz vida para a música, lembrando que um solo feito na guitarra tem que ter um contexto, saber momentos para solos é essencial.
Ministro:
       A musicalidade e a capacidade de falar em público são essenciais para a técnica em um ministro de louvor. Conduzir um louvor não refere-se a apenas cantar, é necessário estar consagrado para que a técnica e a unção se juntem para que Deus possa operar milagres. Saber guiar a igreja a uma adoração verdadeira não é facil, então lembremos de novo, que um ministro consagrado é essencial para que o louvor flua melhor.
Back's:

       O vocal, deve estar sempre atento ao ministrante. Saber as músicas decoradadas, cada volta e os momentos de começar a cantar são fundamentais. Sempre estar ligado na afinação para que o som não saia poluido e não atrapalhe na adoração de nossos irmão. Estar verdadeiramente consagrado irá facilitar a sua adoração e consequentemente a adoração da igreja. Lembrando que são o pilar do ministrante. Divisão de vozes na hora certa e de forma ordenada mudam a performace do louvor e ajudam o ministrante.

Por Guilherme Delpino

Redação Catedral Da Paz

Rede Paz Brasil, Igreja Catedral Da Paz, Rio Verde-GO; Nas publicações podem conter Imagens e Textos das igrejas e seus oficiais e da Internet.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Deixe Seu Comentário

Leave a Reply

Deixe seu comentário.